Nuno Artur Silva falava durante a audição regimental do Ministério da Cultura na comissão parlamentar da Cultura e Comunicação.

"Os nossos colegas das Finanças estão a ultimar os últimos aspetos para o enviar para o Tribunal de Contas", disse o secretário de Estado, em resposta a questões do PSD.

Relativamente ao contrato de concessão de serviço público de televisão e rádio, o governante recordou que está a decorrer a consulta pública, que foi aberta na segunda-feira.

"Estava previsto ser revisto no prazo de quatro em quatro anos ou quando se justifique, tendo em conta a situação pandémica, houve de facto um atraso", disse Nuno Artur Silva.

Mas, "parece-nos que este é o momento oportuno para o rever, está em consulta pública durante um mês e, desse ponto de vista, está aberto aos contributos que todos entendam fazer", concluiu.

ALU // MSF

Lusa/Fim

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.