A Great Lakes Africa Energy (GLAE) vai "desenvolver, financiar, construir, possuir e operar uma central de 250 megawatt (MW) a gás", anunciou Michael Kearns, diretor da GLAE, citado num comunicado da empresa.

O projeto está orçado em 340 milhões de euros e a assinatura do memorando surge depois de a empresa ter sido selecionada num concurso de alocação de gás para fins domésticos, cujos resultados foram anunciados em janeiro de 2017.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.