"São necessárias medidas urgentes para combater a poluição dos solos e conter as múltiplas ameaças que representa para a segurança alimentar", referiu Laurinda Nobela, especialista nacional da FAO, numa mesa redonda realizada hoje, em Maputo, alusiva ao Dia Mundial dos Solos, que se assinalou na quarta-feira.

O Plano Estratégico para o Desenvolvimento do Setor Agrário (PEDSA 2010-2019) prevê uma quebra acentuada na fertilidade dos solos, ao mesmo tempo que a população urbana deverá subir de 35% para 45% em 2019.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.