A recolha de dados arranca na próxima segunda-feira e conta com o financiamento do Banco Mundial, abrangendo "um total de 13.560 agregados familiares" numa "amostra representativa" da realidade nacional, provincial e local, detalha o INE.

Do total de famílias a inquirir, 7.152 vivem em zona urbana e 6.408 em espaços rurais.

A operação integra técnicos de diferentes ministérios e organismos especializados das Nações Unidas, com o objetivo de recolher dados que permitam "avaliar os indicadores relativos ao combate a pobreza".

O inquérito servirá ainda para "revisão do conjunto de bens e serviços" e dos níveis de ponderação de cada qual no cálculo do índice de preços ao consumidor (IPC), indicador atualizado mensalmente pelo INE e que serve para medir a inflação no país.

LFO // SB

Lusa/Fim

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.