"O paciente evoluiu com melhora clínica progressiva e recebeu alta da Unidade de Terapia Semi-intensiva para o apartamento nesta manhã. Não apresenta dores, febre e segue com melhoria do quadro pulmonar", informou a equipa médica.

Na passada quinta-feira, Jair Bolsonaro foi submetido a uma tomografia de tórax que evidenciou uma "imagem compatível com pneumonia, de origem bacteriana", acompanhada de febre, informou o porta-voz do Governo brasileiro, Otávio do Rêgo Barros.

Ainda de acordo com o boletim divulgado hoje, as visitas ao chefe de Estado do Brasil permanecem restritas, por ordem médica.

Jair Bolsonaro teve a sua alta hospitalar adiada na passada segunda-feira, devido ao facto de ter registado uma subida de temperatura, o que levou a um adiamento da sua alta hospitalar.

O Governante brasileiro permanece internado, depois de ter sido submetido a uma nova cirurgia de retirada da bolsa de colostomia, que possuía desde setembro, mês em que foi esfaqueado durante uma iniciativa de campanha eleitoral em Juiz de Fora, no estado de Minas Gerais.

MYMM // PJA

Lusa/fim

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.