"Estamos garantindo um investimento petrolífero por mais de 5.000 mil milhões de dólares (4,42 mil milhões de euros) e contratos por mais de 1 mil milhões de dólares (884,9 milhões euros) para a exploração de ouro", disse.

Nicolás Maduro falava à televisão estatal venezuelana, em Moscovo, no âmbito de uma visita à Rússia durante a qual se reuniu com o seu homólogo russo Vladimir Putin e com vários empresários locais.

Segundo Nicolás Maduro estes acordos dão prioridade aos investimentos na área de produção de petróleo e minaria, assim como a atenção, assistência e reparação de armas na Venezuela.

Por outro lado foi ainda acordado o envio, a Venezuela, de 600 mil toneladas de trigo.

A visita, de três dias de Nicolas Maduro à Rússia foi, segundo o próprio "extraordinária", estando previsto para março de 2019 uma reunião da comissão mista Moscovo - Caracas para avaliar novas possibilidades de negócios e passar revista aos acordos existentes.

FPG // EL

Lusa/Fim

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.