Os forasteiros adiantaram-se no marcador aos 11 minutos, com um grande golo do sérvio ex-Famalicão Urus Racic, mas, aos 23, o internacional luso restabeleceu a igualdade, com um desvio ao segundo poste, depois de um canto do francês Lemar, na direita.

Na segunda parte, aos 54 minutos, Félix, que tinha sido suplentes nos últimos jogos dos 'colchoneros', fugiu pela esquerda e serviu o uruguaio Luis Suárez, que apontou o 2-1, passando a contar 12 golos na prova.

O português saiu aos 62 minutos, sendo substituído pelo argentino Ángel Correa, que, aos 72, apontou o terceiro dos locais, servido por Marcos Llorente. Nos forasteiros, Thierry Correia foi titular e Gonçalo Guedes entrou aos 58.

Na classificação, o líder Atlético de Madrid, ainda com um jogo em atraso, repôs sete pontos de vantagem sobre o Real Madrid, segundo, que no sábado venceu fora o Alavés por 4-1.

Por seu lado, o FC Barcelona, terceiro, somou, mesmo desfalcado do argentino Lionel Messi, o quinto triunfo fora consecutivo, ao vencer o Elche por 2-0, com o holandês Frankie De Jong como grande figura, com um golo e uma assistência.

O médio dos Países Baixos inaugurou o marcador aos 39 minutos, com um remate em cima da linha, após um desvio para a própria baliza de Diego González, depois de um centro de Braithwaite, e oferecer o segundo a Riqui Puig, que marcou de cabeça, aos 89.

Entre os dois golos, destaque para o guarda-redes Ter Stegen, que, aos 56 minutos, emendou um erro crasso de Óscar Mingueza, que perdeu a bola e permitiu que o argentino Emiliano Rigoni se isolasse: valeu o pé direito do alemão.

Na parte final, e antes do segundo golo, o português Francisco Trincão, que entrou aos 74 minutos, teve duas boas ocasiões para se estrear a marcar pelos catalães, mas, nas duas, aos 83 e 86, o guarda-redes Edgar Badia respondeu em excelente plano.

No primeiro encontro do dia, o Osasuna recebeu e bateu o Granada, sétimo colocado, por 3-1, abandonando os lugares de despromoção, num jogo em que a grande figura foi o avançado croata Ante Budimir, autor dos dois primeiros golos, aos 27 e 39 minutos.

No início da segunda metade, aos 50 minutos, o colombiano Luis Suárez ainda reduziu, mas, aos 86, Jon Moncayola 'certificou' o triunfo dos locais, que ainda acabaram reduzidos a 10, face à expulsão do argentino Facundo Roncaglia, aos 88.

Por seu lado, o Celta de Vigo empatou 1-1 na receção ao Eibar, com tentos de Brais Mendez, aos nove minutos, para os anfitriões, e de Bryan Gil, aos 53, para os forasteiros, que contaram no 'onze' com Paulo Oliveira e Rafa.

PFO // PFO

Lusa/Fim

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.