A braços com a terceira vaga há mais de um mês, devido sobretudo à propagação da variante Delta, o México registou 16.421 infeções e 325 mortes nas últimas 24 horas.

Desde o início da pandemia, o país acumulou 237.954 óbitos e 2.726.160 casos confirmados.

O México é o quarto país do mundo com mais mortes causadas pela covid-19, depois dos Estados Unidos, Brasil e Índia, e o 16.º em número de casos, de acordo com a contagem independente da Universidade norte-americana Johns Hopkins.

Com 126 milhões de habitantes, o país já administrou 58,2 milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus, com 23,12 milhões de pessoas a terem completado a inoculação, segundo as autoridades.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.139.040 mortos em todo o mundo, entre mais de 192,5 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.264 pessoas e foram registados 947.038 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

PTA // PTA

Lusa/Fim

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.