No final do espetáculo, o fadista, de 69 anos, receberá a Medalha de Mérito, grau ouro, da Cidade de Lisboa, que lhe será entregue pelo presidente da Câmara Municipal, António Costa. Para o fadista, a distinção municipal é "uma honra" da cidade da canção que canta "há quase 50 anos".

Em declarações à Lusa, o fadista afirmou que, "além de uma surpresa", que por razões óbvias não quis adiantar, irá cantar fados do seu repertório, "nomeadamente com poemas de Manuel Alegre, que estará na sala".