"Não é alterando os critérios que nós alteramos a realidade, e a realidade é simples: quanto maior é a gravidade da situação mais estritas têm de ser as medidas, e foi essa tabela que foi fixada e agora temos de cumprir. Eu percebo que é obviamente desagradável, temos é que trabalhar todos para daqui a 15 dias já esteja tudo em verde e possa tudo avançar para a próxima fase de desconfinamento", afirmou o primeiro-ministro.

António Costa falava aos jornalistas em Lisboa, à margem da condecoração da judoca Telma Monteira com a medalha de Honra ao Mérito Desportivo, onde foi questionado sobre a contestação por parte dos autarcas dos concelhos que recuaram no desconfinamento.

À saída do Altice Arena, onde decorrem os Europeus de Judo, o chefe de Governo insistiu que as regras fixadas em torno da pandeia de covid-19 "não são nem prémios nem castigos aos concelhos", mas "normas de saúde pública" que são "adequadas à situação da pandemia que existe em cada concelho".

FM // HB

Lusa/Fim

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.