Segundo o gabinete estatístico europeu, a subida homóloga dos preços das casas acelerou entre outubro e dezembro, face à registada no terceiro trimestre de 2020: 4,9% e 5,3%.

Na comparação em cadeia, nos últimos três meses de 2020 os preços dos imóveis para habitação subiram 1,4% na zona euro e 1,3% na UE, depois de no trimestre anterior terem aumentado, respetivamente, 1,3% e 1,4%.

Entre os Estados-membros para os quais há dados disponíveis, os maiores aumentos homólogos dos preços das casas no quarto trimestre de 2020 foram observados no Luxemburgo (16,7%), Dinamarca (9,8%) e Lituânia (9,4%).

Em comparação com o trimestre anterior, os maiores aumentos foram registados em Chipre e Luxemburgo (ambos 4,7%), Lituânia (3,9%) e Estónia (3,8%), tendo sido observadas quebras em Espanha (-0,8%) e Hungria (-0,7%).

Em Portugal, entre outubro de dezembro de 2020, os preços dos imóveis para habitação subiram 8,6% face ao quarto trimestre de 2019 e 2,1% na variação em cadeia.

IG // MSF

Lusa/fim

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.