Anastácio Matavel, dirigente do grupo de observação eleitoral da organização Casa da Paz, foi abatido em 07 de outubro de 2019, na via pública, uma semana antes das eleições gerais de 15 de outubro.

Estão acusados seis polícias, incluindo um comandante policial, e um civil, este último funcionário no município de Chibuto e proprietário do automóvel em que seguiam os autores dos disparos que mataram Matavel em pleno dia, numa das ruas de Xai-Xai.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.