Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Nuno Magalhães, que lidera a bancada do CDS-PP desde o início da anterior legislatura, tendo sido sucessivamente reeleito, escolherá depois a equipa de vice-presidentes, uma prerrogativa do líder da bancada.

Os últimos vice-presidentes foram Cecília Meireles, Hélder Amaral e Telmo Correia.

"Estou muito satisfeito com a minha equipa, estou muito satisfeito com os atuais vice-presidentes. Compreendam que anuncie primeiro os meus vice-presidentes primeiro aos deputados na reunião do grupo parlamentar", disse Nuno Magalhães.

A presidente do CDS, Assunção Cristas, quis publicamente felicitar Nuno Magalhães pela "eleição unânime" e "dizer-lhe que o partido e o grupo parlamentar está muito grato por todo o trabalho que desenvolveu e já está grato pelo trabalho que sei que vai desenvolver, com a forma brilhante, dedicada, profissional e superlativa com que tem vindo a exercer estas funções".

Nuno Magalhães considerou "uma honra, mas acima de tudo, uma enorme responsabilidade" ter sido eleito de forma unânime, para continuar a liderar a bancada, com o objetivo de o grupo parlamentar prosseguir a sua postura "propositiva" e de "oposição firme".