Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

“Hoje e amanhã [sexta-feira] ainda vamos ter um cenário com alguma instabilidade, prevendo-se aguaceiros fortes e acompanhados de trovoada na região Sul, em especial no Algarve, e que levou à emissão de aviso amarelo para o distrito de Faro. Contudo, o cenário muda no fim de semana”, explicou a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com Ângela Lourenço, no fim de semana prevê-se uma melhoria do estado do tempo em todo o território, prevendo-se temperaturas máximas de 24/25 graus, podendo atingir os 26 [em Santarém].

“Vamos ter uma subida principalmente no sábado. No domingo, as variações vão ser diferentes em função da região, mas mantém-se temperaturas de primavera. (…). As mínimas apesar de tudo vão ser baixas nas regiões do interior, o que significa que as noites ainda estão frias e precisamos de casaco ao início da manhã e final do dia”, disse.

No que diz respeito ao início da próxima semana, a meteorologista do IPMA adiantou que a tendência é para uma nova mudança no estado do tempo.

“Há uma tendência para mudança na segunda e terça-feira, prevendo-se o regresso da chuva e uma descida das temperaturas. Vamos para valores mais típicos de inverno numa semana em que começa a primavera”, disse.

Segundo Ângela Lourenço, na próxima semana prevê-se o regresso da chuva e descida gradual das temperaturas até sete graus entre segunda e quarta-feira.

“O dia mais frio deverá ser quarta-feira e depois estabiliza. Mas ainda há muita incerteza”, concluiu.