Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Os dois homens são suspeitos do crime de sequestro e de eventual abuso sexual da menor.

Segundo o diretor da Polícia Judiciária de Setúbal, Vítor Paiva, o Ministério Público entendeu que os arguidos deveriam ser ouvidos na cidade onde foram localizados com a menor.

A jovem de 15 anos desapareceu em setembro, depois de ter saído do lar de acolhimento onde estava há cerca de três meses para ir para as aulas.

Fonte da Diretoria do Centro da PJ, que está a investigar o caso, disse à Lusa que a menor "foi localizada em Setúbal, durante a madrugada" e que “estava bem”.