Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

De acordo com o jornal local St. Lucia News Online, Derek Walcott morreu em casa pelas 07:30 locais (11:30 em Lisboa), após doença prolongada.

Derek Walcott, tido pela crítica como um dos maiores poetas caribenhos, foi distinguido com o Nobel da Literatura em 1992 e com o Prémio T.S. Eliot para a Poesia em 2011.

O poeta foi distinguido com o Prémio T.S. Eliot pela coleção de poemas “White Egret”, uma profunda meditação sobre a morte e o passar do tempo.

Derek Walcott foi professor de poesia na Universidade de Essex, no Reino Unido, entre 2010 e 2013, cargo que lhe foi oferecido depois de ter desistido de uma candidatura a Oxford, na sequência do que classificou como uma campanha de “assassinato de caráter” que fez circular cartas anónimas a recuperar alegações de assédio sexual contra o poeta por uma estudante em Harvard, em 1982.

A poeta Ruth Padel veio a assumir o cargo em Oxford - a primeira mulher a ocupar aquela que é considerada a mais importante posição de poesia no Reino Unido -, mas demitiu-se nove dias depois, por ter sido revelada como a responsável pela divulgação das alegações sobre Walcott, de acordo com notícias publicadas na altura pelo Guardian.

Entre as obras de Walcott, por publicar em Portugal, destacam-se “In a Green Night: Poems 1948-1960” e “Omeros”, baseada na “Íliada” e na “Odisseia” de Homero.

Questionado sobre o seu método de escrita durante uma entrevista à Paris Review, em 1986, Walcott respondeu que "qualquer tentativa séria de tentar fazer algo que valha a pena é ritualística".

"Não reparei em quais são os meus mecanismos. Mas sei que se uma pessoa pensa que um poema está a surgir - apesar do barulho da máquina de escrever ou do trânsito fora da janela ou seja lá o que for – há uma retirada, um afastamento para um qualquer tipo de silêncio que afasta tudo em seu redor”, disse na altura.

Para o poeta, aquilo que se enfrenta naquele momento “não é uma renovação da sua identidade, mas uma renovação do seu anonimato, de modo a que o que está em frente de si se torne mais importante do que o que o próprio é”.

Cofundador da Oficina de Teatro de Trindade, Derek Walcott assinou mais de 20 peças, embora pouco conhecidas, algo que justificou, em entrevista ao Guardian, com o facto de não ser definido como um escritor negro nas Caraíbas, classificação que lhe era aplicada nos Estados Unidos da América ou no Reino Unido.