Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Sofia Azevedo, porta-voz da NAV, referiu que o sistema de gestão de tráfego aéreo, mais concretamente o processador de dados de voo, foi restabelecido totalmente às 14:11 (hora de Lisboa).

Contudo, admitiu que os atrasos causados nas partidas e chegadas de aviões em Portugal terão ainda de ser recuperados.

O sistema de gestão de tráfego aéreo do aeroporto de Lisboa é também responsável pela gestão da navegação em outros aeroportos do Continente e da Madeira.

Devido a uma avaria ocorrida hoje, às 10:49, no sistema de gestão de tráfego aéreo no aeroporto de Lisboa houve uma redução de cerca de 50% na capacidade de gestão do tráfego aéreo.

Fonte da NAV disse que o que ocorreu foi uma “avaria técnica” mas sem adiantar detalhes.

Inicialmente, a avaria afetou todas as partidas dos voos, mas as chegadas continuaram a ser processadas normalmente. Contudo, com o decorrer da situação, o atraso provocado nas diversas partidas acabou por afetar também a chegada de alguns voos.

De acordo com o portal na Internet da Eurocontrol - Organização Europeia para a Segurança da Navegação Aérea, pelas 14:26, nos aeroportos de Lisboa e Madeira subsiste um atraso nos voos superior a 45 minutos.

O simulador da organização europeia prevê que a situação esteja regularizada nas próximas três horas.