Bonucci comprou uma página no diário desportivo e numa carta com o título ‘Uma história esplêndida’, lembra que passou em Turim “sete épocas de vitórias e de sonhos realizados”, ao longo das quais adquiriu maturidade sempre com a ajuda do clube, hexacampeão italiano de futebol.

A página do jornal.créditos: Twitter/DR

“Dei sempre tudo, até ao fim. Recebi, dei e aprendi. Olhando para trás vejo uma história esplêndida, digna de ser concluída num clima de respeito e carinho, e sem nunca colocar em causa o respeito e afeição que recebi dos meus colegas e dos adeptos”, escreveu o defesa, de 30 anos.

Em sete temporadas na Juventus, Bonucci conquistou seis títulos de campeão italiano consecutivos, três taças de Itália, e foi finalista de duas Ligas dos Campeões.

Tendo em conta a longa ligação e o fair play existente no momento da transferência, a Juventus retribuiu o gesto com uma publicação nas redes sociais:

A transferência de Bonucci para o AC Milan, equipa na próxima época também contará com o internacional português André Silva, foi anunciada na sexta-feira.

De acordo com a comunicação social italiana, Bonucci, que também já representou o Inter Milão, o Bari, o Pisa e o Treviso, vai assinar um contrato válido por cinco temporadas com o AC Milan.