Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Essien, um veterano de 34 anos, que passou por ‘gigantes’ europeus como o Chelsea, Real Madrid e AC Milan, tinha recusado em setembro uma oferta dos australianos do Melbourne Victory e treinava atualmente com a equipa de reservas do Chelsea, clube pelo qual conquistou dois campeonatos ingleses e uma Liga dos Campeões.

O médio estreou-se como profissional em 2000, ao serviço dos franceses do Bastia, tendo também representado em França o Lyon, clube de onde se transferiu para o Chelsea em 2005, a pedido do treinador português José Mourinho.

No currículo, Essien conta também com 58 internacionalizações, tendo abandonado a seleção do Gana em 2014, depois de ter marcado nove golos pela equipa do seu país.

Entre o final da década de 70 e a de 90, o futebol indonésio conseguiu atrair algumas estrelas mundiais, como o argentino Mario Kempes ou o camaronês Roger Milla.