Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

O atropelamento aconteceu quando o jogador italiano de origem brasileira abandonava de carro o aeroporto de Le Bourget, nos arredores de Paris, onde estavam concentrados cerca de três dezenas de adeptos enfurecidos pela derrota da equipa em Barcelona por 6-1.

O adepto sofreu ferimentos ligeiros e formalizou já queixa contra o jogador, indicou a AFP.

O clube parisiense foi afastado da ‘Champions’ pelo FC Barcelona, após uma pesada derrota por 6-1, resultado que ‘virou’ a vitória dos franceses por 4-0 na primeira mão, em Paris.

Em Camp Nou, o FC Barcelona tornou-se na primeira equipa de sempre a recuperar de uma desvantagem de 4-0 na primeira mão na Liga dos Campeões, graças aos golos de Luis Suárez, logo aos três minutos, de Lionel Messi, de grande penalidade (50), de Neymar (88 e 90+1) e de Sergi Roberto (90+5), aos quais se juntou o autogolo do francês Layvin Kurzawa (40).

Edinson Cavani marcou o ‘golo de honra’ para os franceses, ao minuto 62.

Com três golos marcados nos últimos sete minutos do jogo da segunda mão, os catalães concretizaram a ‘remontada’ e passaram aos quartos de final da Liga dos Campeões.