Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

O tráfego foi retomado ao início da tarde, assim como as chegadas ao terminal Sul do aeroporto de Orly, sul de Paris, onde o tráfego aéreo foi “completamente interrompido” na sequência dos incidentes.

A reabertura acontece cerca de duas horas e meia depois de o terminal Oeste ter sido igualmente reaberto.

O regresso à total normalidade em Orly-Sul deverá acontecer somente durante a manhã de domingo, segundo disse à France Presse, Augustin de Romanet, responsável dos Aeroportos de França.

O trafego aéreo foi interrompido nos dois terminais cerca das 08:50, depois dos incidentes que levaram à neutralização de um homem que já se encontrava referenciado pela polícia e pelos serviços de informação franceses.

Entretanto a agência de notícias Associated Press revelou que o homem que foi abatido hoje no aeroporto chamava-se Ziyed Bem Belgacem, segundo uma fonte oficial que pediu o anonimato.

Também a rádio France Info, revelou na sua página de internet o nome do homem, o mesmo que abriu fogo uma hora e meia antes do incidente no aeroporto, numa operação policial em Stains, a norte da capital, onde feriu uma agente.

Já o jornal Le Parisien referiu apenas que se trata de Ziyeb B. e que nasceu em Paris.