Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Ziyed Bem Belgacem, já condenado por vários casos de violência, atacou a patrulha afirmando: “Pousem as vossas armas, eu estou aqui para morrer por Alá. De qualquer forma, vai haver mortos”, relatou o procurador, numa conferência de imprensa.

O homem apontou a arma à cabeça da militar e usou-a para se proteger, tendo conseguido retirar-lhe a espingarda.

O procurador afirmou que o homem aparentemente pretenderia abater pessoas no movimento aeroporto parisiense.

Além do pai e de um irmão do atacante, também um primo seu foi detido.

O homem que acabou abatido já estava referenciado pela polícia e pelos serviços de informação franceses. Uma hora antes do caso no aeroporto feriu a tiro um agente numa operação policial a norte da capital.