A circulação no Metro de Lisboa, na linha amarela, foi cortada na manhã desta sexta-feira por causa de um incidente com um passageiro na estação de Entrecampos. O indivíduo foi entretanto transportado para o Hospital Santa Maria.

Por volta das 9h00, após a travagem brusca de um comboio, as pessoas foram retiradas da estação de Entrecampos e dirigiram-se para o local os Bombeiros Sapadores de Lisboa, a polícia e o INEM, apurou o SAPO 24 no local. Na origem do incidente esteve a queda de um passageiro na linha.

A normalidade foi retomada por volta 11h45 desta sexta-feira.

Contactada pelo SAPO 24, fonte do Metro de Lisboa informou esta manhã que o "incidente com um passageiro" se tratou de "uma tentativa de suicídio".

O subchefe principal dos Bombeiros Sapadores de Lisboa no local adiantou ao SAPO 24 que se encontrava um indivíduo do sexo masculino, de 55 anos, na linha e que apresentava alguns traumatismos, tendo sido encaminhado para o Hospital de Santa Maria.

Sobre o que motivou o incidente, o subchefe disse não saber de nada. "Não há informação sobre o motivo da queda do homem. Não sabemos mais nada, a nossa missão foi apenas socorrê-lo", explicou. O responsável adiantou ainda que uma pessoa assistiu ao que aconteceu e ficou traumatizada, estando em contacto com os psicólogos do INEM.

Na sequência do incidente, o Metro de Lisboa ofereceu alternativas ao passageiros, via Carris e CP.

A linha amarela liga as estações do Rato e de Odivelas.

(Notícia atualizada às 11h50)