Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

“Estou muito entusiasmado por regressar ao Millennium Estoril Open. O torneio em si e a beleza da área de Cascais trazem-me memórias muito especiais, pois foi aí que cheguei pela primeira vez a uma final do circuito ATP e que comemorei o meu aniversário nos dois últimos anos, com a ajuda da organização”, refere Nick Kyrgios, citado pela organização do torneio português.

O vice-campeão do Estoril Open de 2015 acrescentou que o torneio “é um evento único, muito especial, com fãs que estão entre os melhores do mundo”, manifestando-se “ansioso por voltar a jogar no Estoril em 2017, perante grandes adeptos”.

O jogador australiano junta-se ao português João Sousa (37.º do ‘ranking’), ao argentino Juan Martin del Potro (35.º) e ao espanhol Pablo Carreño-Busta (23.º) na lista de ‘cabeças de cartaz” do Estoril Open, que decorre entre 1 e 7 de março.