Com Bernardo Silva (saiu aos 69 minutos) e João Moutinho no ‘onze’ titular, os monegascos confirmaram a conquista do oitavo título da ‘Ligue 1’ da sua história e colocaram um ponto final a um jejum de 17 anos sem conquistar a principal competição francesa.

Kylian Mbappé abriu a contagem, aos 19 minutos, numa jogada que começou numa recuperação de bola de Moutinho e passou pelo ex-FC Porto Radamel Falcao, com Valère Germain a marcar o segundo golo em cima do apito final (90+3).

Com 92 pontos, mais seis do que o Paris Saint-Germain, os pupilos de Leonardo Jardim puderam celebrar o título a uma jornada do fim, colocando um ponto final no ‘domínio’ dos parisienses nos últimos anos, em que conquistaram os últimos quatro campeonatos.

No estádio Luís II, os líderes só precisavam de um ponto para garantir a conquista da liga, mas os homens da casa criaram várias oportunidades de golo e o resultado até podia ter sido mais ‘gordo’.

Mónaco: Os números da anunciada conquista de Jardim
Mónaco: Os números da anunciada conquista de Jardim
Ver artigo

O ‘capitão’ de equipa Radamel Falcao somou 21 golos no campeonato e foi um dos destaques dos monegascos, ao lado de Bernardo Silva, do lateral Benjamin Mendy e da jovem promessa Mbappé.

Com a conquista do título, Leonardo Jardim tornou-se o segundo treinador português a vencer a liga francesa, depois de Artur Jorge o ter feito com o Paris Saint Germain em 1993/1994.

Além de Bernardo Silva e João Moutinho, também Ivan Cavaleiro, entretanto transferido para o Wolverhampton, do segundo escalão inglês, participou em dois jogos da campanha vitoriosa na ‘Ligue 1’.

Esta época, o Mónaco chegou ainda às meias-finais da Liga dos Campeões, sendo eliminados pela campeã italiana Juventus, e à final da Taça da Liga, perdida para o ‘PSG’.

Jardim, que já se tinha sagrado campeão na Grécia pelo Olympiacos, numa temporada de 2013 que não chegou a terminar, recupera um título para o Mónaco que já lhe fugia desde 2000, sendo este o oitavo campeonato conquistado pela equipa do principado, depois das conquistas em 1961, 1963, 1978, 1982, 1988, 1997 e 2000).

O SAPO 24 olhou para as estatísticas, explica-lhe as contas do campeonato e exibe os números que sustentam a época mais épica do clube do principado neste século, dentro de fronteiras.

[Notícia atualizada às 22:19]