O PSD/CDS-PP/MPT/PPM/Aliança obteve 31,16% dos votos (75.670), seguindo-se a coligação PS/Livre com 30,80% dos votos (74.784). Ambas as coligações elegeram 17 deputados municipais.

A CDU (coligação que junta PCP e ‘Verdes’) elegeu seis deputados, com 26.882 votos (11,07%), o BE conseguiu quatro eleitos, ao registar 18.518 votos (7,63%), enquanto a Iniciativa Liberal conseguiu 5,95% dos votos, elegendo três deputados, o Chega três deputados (5,35%) e o PAN um deputado (3,53%).

Nas eleições autárquicas de 2017, o Partido Socialista alcançou a maioria absoluta na Assembleia Municipal de Lisboa, ao conseguir 22 deputados. Seguiu-se a coligação CDS-PP/MPT/PPM com nove eleitos.

PSD registou oito eleitos, a CDU seis, o BE quatro e o PAN dois.

Nas eleições autárquicas de domingo, o social-democrata Carlos Moedas foi eleito presidente da Câmara Municipal de Lisboa com 34,25% dos votos, elegendo sete vereadores.

Fernando Medina (PS/Livre) perdeu a presidência da Câmara de Lisboa, após ter registado 33,30% dos votos. Conseguiu, igualmente, sete vereadores.

O PCP manteve os dois vereadores que tinha no mandato 2017-2021 e o BE o vereador único.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.