Segundo o 'Diário de Notícias', David Dinis apresentou hoje a demissão "na sequência da decisão da Administração do jornal de demitir o Diretor-adjunto Diogo Queiroz de Andrade". O online 'Observador' confirmou a demissão junto de David Dinis, que abandona o cargo "incompatibilizado com a Administração", avança o jornal, que foi dirigido por Dinis entre 2014 e 2016.

A direção do Público é liderada por David Dinis e, além de Diogo Queiroz de Andrade, também Tiago Luz Pedro e Vítor Costa são diretores-adjuntos. Sónia Matos é diretora de Arte do diário.

O plenário de redação foi convocado para as 16:00 de hoje.

Num comunicado citado pelo jornal na tarde desta segunda-feira, o conselho de administração do ‘Público’ diz ter decidido prescindir dos serviços de Diogo Queiroz Andrade, que dirigia a área digital, “após um processo de reflexão ao longo das últimas semanas”.

“Na sequência da comunicação efectuada e anteriormente discutida o director, David Dinis, apresentou a sua demissão”, pode ler-se. Os administradores agradecem ainda a David Dinis “toda a dedicação e profissionalismo com que abraçou o desafio de liderar um meio de referência na comunicação social nacional”.

David Dinis, que antes de dirigir o 'Público' esteve à frente da TSF e do Observador, substituiu Bárbara Reis na direção do diário em outubro de 2016.

O Conselho de Administração do Público é presidido por Ângelo Paupério, tendo como vogais Cláudia Azevedo e Cristina Soares.

O diário é detido pela Sonaecom.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.