Das detenções em flagrante delito, 94 deveram-se a condução sob efeito de álcool, 38 a condução sem habilitação legal, 36 a tráfico de estupefacientes, sete a posse ilegal de arma e uma a furto, refere uma nota da GNR.

Além dos 52,3 quilogramas de cocaína, que segundo a GNR equivalem a mais de 261.000 doses, a força militar apreendeu 2.573 doses de haxixe, 74 plantas de ´cannabis`, 1,7 quilogramas de folhas de ´cannabis`, 218 doses de heroína, 10 veículos, nove armas de fogo e outras tantas armas brancas.

Nas operações de prevenção e combate à criminalidade violenta realizadas em território português entre 30 de setembro e quinta-feira última, a corporação confiscou ainda 27.772 euros em numerário, 298 artigos contrafeitos e 371 munições de vários calibres.

Na área da prevenção da sinistralidade rodoviária, foram detetadas 5.714 infrações, das quais 2.279 resultaram de excesso de velocidade, 252 por condução com taxa de alcoolemia superior ao permitido por lei e 226 por uso indevido do telemóvel durante o exercício da condução.

Duzentas e vinte e três infrações resultaram da falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou cadeira para bebé, 198 a falta de falta de inspeção periódica obrigatória do veículo e 137 relacionadas com tacógrafos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.