Numa ação judicial apresentada em Los Angeles, os advogados da banda afirmam que a empresa que administra a loja online está a enganar os consumidores, levando os clientes a acreditar que o estabelecimento comercial está relacionado com o grupo musical.

Os Guns N' Roses "não querem ser associados ao réu, um comerciante de armas de fogo e munições", afirma o processo.

Além disso, a banda alega que a loja de armas "tem visões políticas relacionadas à regulamentação e controlo de armas de fogo no seu site que podem estar a polarizar muitos consumidores americanos".

Os Guns N' Roses, formados em 1984, é uma das bandas de maior sucesso de todos os tempos. O grupo é liderado por Axl Rose, Saul "Slash" Hudson e Michael "Duff" McKagan .

O processo identifica a empresa Jersey Village Florist LLC como proprietária e administradora da 'Texas Guns and Roses', que vende armas de fogo e munições, coletes à prova de balas e cofres de metal, entre outros produtos.

A loja online está registada num endereço de Houston e obteve a licença no Texas em 2016 sem a "aprovação ou consentimento" dos Guns N' Roses, de acordo com o processo.

Os advogados do grupo querem um julgamento com júri e uma ordem judicial que vete o uso do nome do site, além de indemnizações. A empresa Jersey Village Florist LLC não comentou a informação.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.