Confrontos, com aviões e tanques, resultaram em cenas de violência sem precedentes em Ancara e Istambul em décadas. Rebeldes e as forças legalistas enfrentaram-se nas ruas das duas principais cidades, e dezenas de milhares de pessoas saíram para a rua.

Ancara foi sobrevoada a baixa altitude durante toda a madrugada por aviões-caça e o Parlamento foi alvo de uma série de ataques aéreos. Segundo os relatos, um avião chegou mesmo a lançar uma bomba perto do palácio presidencial.

De acordo com o primeiro-ministro turco, a tentativa de golpe fez mais de 160 mortos e 1440 feridos entre as forças leais ao regime e civis. Entre os militares golpistas, 104 foram mortos (de acordo com o chefe do exército). Mais de 2800 soldados foram presos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.