com o apoio MEO
em modo Escuro poderá poupar até 30% de energia. Saiba mais

De Ponte de Lima a Oleiros, os dias - e as noites - voltaram a ser assim

Talvez ensombrados pelo tema que teima em dominar a atualidade, e cujo nome não é necessário repetir, os incêndios entram na rotina das notícias de verão com aquele misto de conformismo e de previsibilidade. Três anos depois do verão negro de 2017, em que tantas vezes se disse que nada poderia voltar a ser como foi, a única coisa que podemos dar como garantido é que não voltámos a ter uma tragédia com a dimensão dos incêndios de junho e de outubro desse ano.

Mas, como se costuma dizer quando é preciso desconstruir a estatística, há os valores relativos e os absolutos: para as terras que ardem, para as povoações assustadas e para os bombeiros que acorrem cada incêndio representa 100% de um problema. Claro que as outras contas são importantes,  e devem ser feitas, mas num dia como o de hoje, é difícil dizer isso a quem vive em Ponte de Lima ou em Oleiros e que à hora que este texto é publicado tem pela frente uma noite de incerteza com o fogo por perto.

Qual foi o retrato do dia:

  • O dia começou com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) a divulgar que 84 municípios dos distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Leiria, Portalegre, Santarém e Faro estavam em risco máximo;
  • Em risco muito elevado e elevado de incêndio estava quase todo o restante território de Portugal continental, ficando de fora apenas 22 municípios (num total de 308)
  • O risco tinha sido antecipado por razões meteorológicas desde quinta-feira: a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) emitiu um aviso em que indicava que são esperadas “condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais” devido à previsão de tempo e seco;
  • Ainda não tinham chegado as horas mais quentes do dia e já o alerta estava dado em Ponte de Lima; o fogo começou em Fojo Lobal cerca das 10:45, tendo-se propagado a freguesias vizinhas como Facha, Cabaços e Vitorino de Piães. Ao início da noite, estavam 139 operacionais no terreno, um número que se previa subir pelo menos para 170, segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima, Carlos Lima.
  • Duas horas mais tarde, o presidente da câmara de Ponte de Lima, Vítor Mendes, apelava à intervenção do Ministério da Administração Interna (MAI) e da Polícia Judiciária por suspeitar da quantidade de fogos que atingiram o concelho nos últimos dias. "Andamos há duas semanas com incêndios todos os dias em zonas dispares. Temos assistido a quatro ou cinco incêndios por dia, num total de 38 incêndios. É uma situação incomportável. Não há recursos em quantidade suficiente e apesar do empenho de todos estamos a chegar a uma situação limite", afirmou.

  • Mais ou menos à mesma hora, o presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Fernando Jorge, dizia esperar "uma noite terrível", devido ao incêndio que deflagrou no concelho às 15:31, podendo ser necessário evacuar as povoações de Moutinhosa e Roda;
  • Cerca de meia hora mais tarde, pelas 22h30, chegava a notícia de que cinco bombeiros tinham ficado feridos no despiste de uma viatura que combatia o incêndio em Oleiros.  “São colinas muito inclinadas e a viatura tombou”, afirmou o presidente da câmara;
  • Noutro ponto do país, em Bragança, um incêndio em zona de mato no concelho de Vila Flor, esteve a ser combatido desde as 14:51 por 167 operacionais;
  • À hora que este texto é publicado, um total de nove incêndios florestais estão em curso no país, mobilizando um total de 754 operacionais e 246 viaturas, segundo o site da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

    Há as razões de sempre, há as razões ingratas ou dos azares que acontecem, poderá haver razões criminosas como o autarca de Ponte de Lima quer ver esclarecido. Mas, em consciência, é isto o melhor que conseguimos fazer?

    Jornais do dia

    • Expresso
      Expresso
      25 Julho 2020
    • Expresso E
      Expresso E
      25 Julho 2020
    • Expresso-Economia
      Expresso-Economia
      25 Julho 2020
    • SOL
      SOL
      25 Julho 2020
    • Magazine b,i.
      Magazine b,i.
      25 Julho 2020
    • Dinheiro Vivo DN/JN
      Dinheiro Vivo DN/JN
      25 Julho 2020

    Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

    A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

    Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.
    mookie1 gd1.mookie1