Os chefes de Governo vão encerrar um evento de três dias com “responsáveis empresariais, políticos e sociais dos dois lados do Atlântico”, cujo programa foi hoje apresentado, em Lisboa, com a presença do presidente da Confederação Empresarial de Portugal, António Saraiva, e do membro do comité organizador do evento, Carlos Lopez Blanco.

A terceira edição do Fórum La Toja-Vínculo Atlântico vai discutir temas como a “concessão dos fundos europeus e a superação da covid-19”, o “papel global da nova administração Biden e as consequências da crise no Afeganistão”, a “digitalização” ou o “desafio ambiental”, refere a nota de imprensa enviada à Lusa.

Já o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, vai participar na sessão inaugural da terceira edição desta iniciativa, que assinala a entrega do Prémio Fórum La Toja pela primeira vez, ao político e economista mexicano José Ángel Gurría, que ocupou o cargo de secretário-geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico desde 2006 até maio passado.

O galardão visa “reconhecer figuras com carreiras meritórias em prole do reforço e desenvolvimento das democracias representativas e do vínculo atlântico”, lê-se no comunicado.

Entre os restantes oradores do evento, incluem-se ainda Felipe González, primeiro-ministro de Espanha entre 1982 e 1986, eleito pelo PSOE, força política de esquerda, e Mariano Rajoy, líder do Governo espanhol entre 2011 e 2018, após eleito pelo PP, de direita.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.