“Tendo em conta o bom ritmo a que tem decorrido a vacinação contra a covid-19, informa-se que está disponível, desde o dia de hoje, a possibilidade de auto-agendamento para idades iguais ou superiores a 55 anos”, refere a ‘task force’ num comunicado enviado às redações.

A medida de alargamento da idade surge apenas quatro dias depois de se ter aberto no domingo a marcação para maiores de 60 anos, numa evolução que traduz o período de intensificação da vacinação.

Segundo o calendário da ‘task force’, as vacinações para esta nova faixa etária só deverão começar a partir do próximo dia 24 de maio.

Numa tabela apresentada em 27 de abril, na última reunião do Infarmed, o coordenador do plano nacional de vacinação contra a covid-19, Gouveia e Melo, disse que a meta para as pessoas entre 60 e 69 anos de idade é que todos tenham uma dose da vacina até 23 de maio. Já para o grupo entre os 50 e os 59 anos, onde se inclui parte da população agora abrangida com o novo alargamento do autoagendamento, a data apontada é a de 13 de junho.

Em Portugal, morreram 16.998 pessoas dos 840.493 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.