Em comunicado hoje divulgado em Bruxelas, o corpo diplomático da UE indica que, durante a sua estadia em Washington, Borrell, que assumiu o cargo em 01 de dezembro passado, reunir-se-á com o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, com a presidente da Câmara dos Representantes, (a democrata) Nancy Pelosi, com o conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, Robert O’Brien, e com o conselheiro presidencial de Donald Trump, Jared Kushner.

“Estas reuniões proporcionarão uma oportunidade para avançar no diálogo de política externa entre a UE e os EUA e deverão concentrar-se especificamente em formas de impulsionar as relações transatlânticas”, lê-se no comunicado do Serviço Europeu de Ação Externa.

O corpo diplomático da União Europeia acrescenta que, “nestas reuniões, o Alto Representante Borrell discutirá questões atuais da política externa e procurará soluções conjuntas baseadas num compromisso com o multilateralismo e na ordem internacional”.

A deslocação do chefe de diplomacia europeia a Washington tem lugar num momento de divergências políticas óbvias entre a UE e os Estados Unidos — a mais recente das quais em torno do «plano de paz» proposto por Trump para o conflito israelo-palestiniano — e tensões comerciais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.