"Os seis casos ativos consistem em casos importados, identificados no contexto das atividades de vigilância implementadas na Unidade de Rastreio de covid-19 do Aeroporto da Madeira", refere a entidade em comunicado.

Três destes doentes têm residência na região autónoma e três são não residentes, sendo que apenas um se encontra internado na Unidade Polivalente dedicada à covid-19, no Hospital Central do Funchal.

"À data, 8.178 pessoas estão identificadas e acompanhadas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da região, agora com recurso a uma aplicação, 'MadeiraSafeToDiscover'", indica o IASAÚDE, sublinhando que 4.281 destas pessoas estão em vigilância ativa.

No arquipélago da Madeira foram já contabilizadas 1.556 notificações de casos suspeitos de covid-19, das quais 1.457 não se confirmaram.

O primeiro caso de infeção foi detetado em 16 de março.

No contexto da operação de rastreio de viajantes à entrada nos aeroportos da Madeira e do Porto Santo, há a reportar um total cumulativo de 6.143 colheitas para teste ao novo coronavírus até às 18:00 de hoje.

Em Portugal, morreram 1.668 pessoas das 47.051 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 573 mil mortos e infetou mais de 13,12 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.