O escritório de advogados encarregado da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou esta quarta-feira que recorrerá da sentença a nove anos e meio de prisão por corrupção nos tribunais brasileiros e nas Nações Unidas.

"Estamos a recorrer e provaremos a sua inocência em todos os tribunais imparciais, incluindo as Nações Unidas", afirmou um assessor do escritório em declarações à AFP.

O ex-Presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, foi esta quarta-feira condenado a nove anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção passiva e branqueamento de capitais, num dos processos da operação Lava Jato.

 

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.