Em comunicado, a AMN especificou que os tripulantes, três homens com idades entre os 50 e os 60 anos, de nacionalidade francesa, se encontram “bem fisicamente e não tiveram necessidade de receber assistência médica”.

Segundo a autoridade marítima, o alerta foi dado pelas 09:30, tendo o naufrágio ocorrido na sequência do embate numa rocha: começou a entrar água na embarcação, que ficou parcialmente submersa.

Após o alerta, as autoridades deslocaram para o local uma lancha semirrígida da Polícia Marítima e foi ativada também a embarcação da Estação Salva-vidas de Sagres e uma viatura todo-o-terreno.

A embarcação ficou a cerca de 500 a 600 metros a nascente da Praia da Luz, no concelho de Lagos, distrito de Faro, em frente ao local conhecido como Rocha Negra.

"A Autoridade Marítima Nacional está a analisar a viabilidade da sua remoção para um porto mais próximo, uma vez que representa perigo para a navegação”, lê-se na nota.

De acordo com a autoridade marítima, “a área envolvente à embarcação de recreio foi analisada e não se verificam indícios de derrame de combustível, lubrificantes ou poluentes” no mar.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.