O secretário da Defesa norte-americano Ash Carter e outros oficiais americanos deverão anunciar mais detalhes desta operação nas próximas horas. A notícia foi avançada pela NBC, que cita fontes da defesa americana. A recompensa para a captura de Qaduli era de 7 milhões de dólares. 

Há poucas semanas foi anunciada também a morte de uma outra figura de topo do Estado Islâmico, Omar al-Shishani, conhecido como Omar, o Checheno. Estas mortes são vistas como avanços importantes na campanha da coligação que combate os radicais islamistas.

Entretanto, nos últimos dias as forças do Iraque e da Síria progrediram também na recuperação das importantes cidades de Mossul e Palmira.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.