De acordo com a porta-voz da Casa Branca, Kayleigh McEnany, citada pela agência espanhola Efe, o comício no aeroporto de Portsmouth (New Hampshire), que estava previsto para a noite de sábado, foi adiado “uma ou duas semanas” por causa da “grande tempestade” ‘Fay ‘.

A depressão tropical está a atingir hoje Nova Jérsia e obrigou ao encerramento de algumas zonas costeiras para evitar aglomerações devido à possibilidade de inundações e ventos fortes.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos emitiu vários avisos por causa da probabilidade de ventos até 90 quilómetros por hora, tornados e inundações em zonas do noroeste norte-americano.

Em declarações hoje a uma estação de rádio de New Hampshire, o chefe de Estado norte-americano disse que esperava uma “grande multidão, uma boa multidão” para o comício deste fim de semana.

Trump foi criticado pela realização do primeiro comício rumo à reeleição, em novembro, em Tulsa (Oklahoma), em junho, período em que o número de pessoas infetadas pelo novo coronavírus começava a aumentar exponencialmente naquela região do país.

O comício contou com cerca de 6.000 participantes.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.