A Festa do Outono, com entrada gratuita, tem uma programação diversificada com propostas “divertidas e educativas”, contextualizadas à luz de algumas práticas, tradições e conceitos ancestrais, como explicou o coordenador da iniciativa, Rui Costa, na apresentação do evento, na passada segunda-feira.

Depois de, em 2017, ter recebido 55.128 visitantes, Rui Costa acredita que os números se vão repetir na edição deste ano.

Durante os dois dias, quem for a Serralves poderá conhecer e contactar de perto com processos de transformação de algumas fibras têxteis, com a arte da cestaria e com a confeção de receitas com produtos da época.

Além disso, os visitantes poderão contactar com temáticas como a fauna, flora, biodiversidade outonal e raças autóctones, para estimular a sensibilização ambiental, a ética da conservação e a recuperação de saberes e fazeres.

À vertente ambiental aliam-se as diferentes expressões artísticas, desde música, teatro, dança, oficinas e percursos pedestres.

Hoje e domingo, Serralves dá as “boas-vindas” ao outono, entre as 10:00 e 19:00, sendo o acesso realizado pela avenida Marechal Gomes da Costa e a rua Bartolomeu Velho.

A Festa de Outono, com 21 parceiros, dos quais 12 são câmaras municipais, está integrada no programa das Jornadas Europeias do Património 2018, este ano subordinadas ao tema “Partilhar memórias”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.