O pedido da Marinha não aconteceu por acaso, nem sugere 22 flexões aleatoriamente. Trata-se de um desafio lançado nas redes sociais, o "22PushupChallenge", e cujo objetivo original é alertar para os problemas psicológicos e sociais que afetam os veteranos.

Em declarações à agência Lusa, o porta-voz da Marinha, comandante Rodrigues Vicente, explicou que o desafio surgiu nos Estados Unidos da América, onde se estima que haja 22 suicídios por dia de ex-combatentes, na sequência de stresse pós-traumático.

O desafio começou no início do verão, mas ganhou maior dimensão nas últimas semanas graças às redes sociais. Agora, a Marinha quer seguir o exemplo, alertar para este problema, mas também homenagear desta forma os bombeiros e autoridades militares e policiais.

"Esse desafio começou a transpor fronteiras e nós decidimos aderir também à iniciativa, alargando-a a uma homenagem aos nossos bombeiros e forças de segurança que têm também uma profissão de risco", disse à agência Lusa, o comandante Rodrigues Vicente.

Em 2014, o desafio do balde de água fria ("Bucket Challenge") em nome da esclerose lateral amiotrófica (ELA) arrecadou cerca de 100 mil euros em Portugal. Lá fora, escreve-se que foram mais de cem milhões de dólares para apoiar quem sofre desta doença. Dois anos volvidos, o contributo do desafio para investigação nesta área permitiu aos cientistas identificar o NK1, um novo gene que contribui para o aparecimento da doença.

O desafio das flexões funciona à semelhança do "Bucket Challenge". Para participar, basta fazer 22 flexões, filmar e partilhar o vídeo com a hashtag #22PushpChallenge, convidando outras pessoas a repetir a experiência. Para saber um pouco mais sobre o desafio e as celebridades que já alinharam e partilharam os seus vídeos, espreite aqui.

Nas redes sociais, a Marinha Portuguesa já partilhou o vídeo das suas flexões.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.