Em comunicado, a GNR refere que o incêndio teve início pelas 16:30 de sexta-feira e consumiu cerca de 5.000 metros quadrados de mato.

Acrescenta que o incêndio teve origem na realização de uma queima de sobrantes e foi combatido pelos Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro, elementos dos Sapadores de Terras de Bouro e elementos do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, com apoio de dois meios aéreos.

Foi dado como extinto pelas 23:00 de sexta-feira.

Os arguidos têm entre os 24 e 56 anos e prestaram termo de identidade e residência, pela prática do crime de incêndio florestal de forma negligente.

Os factos foram participados ao Tribunal de Vila Verde.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.