Em comunicado, a GNR refere que do total de detidos em flagrante delito, 106 deveram-se a condução sob o efeito de álcool, 25 a condução sem habilitação legal, 19 a tráfico de estupefacientes, seis a furto e quatro a posse ilegal de arma.

No mesmo período, a GNR apreendeu também 35 doses de cocaína, duas armas de fogo, 11 armas brancas e 280 artigos contrafeitos.

Na área do trânsito, foram detetadas 3.360 infrações, das quais a GNR destaca 1.238 por excesso de velocidade, 333 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 130 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças (cadeira), 117 por falta de inspeção periódica obrigatória.

foram ainda detetadas 80 infrações por uso indevido de telemóvel e 46 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

As operações decorreram em todo o território português e visaram, designadamente, a prevenção da criminalidade violenta e fiscalização rodoviária.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.