Em comunicado, a GNR esclarece que o estabelecimento, situado em Azurva, estava a funcionar, encontrando-se no seu interior clientes a consumir bebidas alcoólicas.

“No seguimento das diligências policiais, foi encerrado o estabelecimento, tendo sido identificado o proprietário, um homem de 67 anos, e elaborados quatro autos de contraordenação: um por violação da suspensão de atividade de prestação de serviços em estabelecimento aberto ao público e três por incumprimento do dever geral de recolhimento domiciliário”, referiu a mesma nota.

A GNR recorda que, de acordo com as medidas impostas pelo estado de emergência face à evolução da situação epidemiológica do país, encontram-se suspensas as atividades de comércio a retalho e de prestação de serviços em estabelecimentos abertos ao público, ou de modo itinerante, com exceção daquelas que disponibilizem bens de primeira necessidade ou outros bens considerados essenciais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.