Região Norte

No norte do país, terão dificuldades de funcionamento a urgência médico-cirúrgica do Hospitalar de Chaves, nas especialidades de pediatria e ortopedia, com os doentes a serem enviados para Vila Real e Porto (Santo António). A Urgência Médico-Cirúrgica do Hospital de Mirandela irá referenciar, durante este período, para Bragança na especialidade de ortopedia.

Ainda na mesma região, o Hospital de Braga vai ter dificuldades de responder na urgência de cirurgia geral durante toda a semana (enviando para o Hospital São João, no Porto) e nos dias 27 e 30 na especialidade de Ginecologia/Obstetrícia (enviando para Famalicão, Viana do Castelo, Guimarães e S. João).

Em Viana do Castelo, o hospital local terá dificuldades em pediatria no dia 02 de dezembro, enviando os doentes para Braga, e nos dias 26 e 1 e 2 e dezembro os constrangimentos serão em Cirurgia Geral, Medicina Interna e na Via Verde AVC. Os doentes serão enviados para o São João e para Braga.

A Via Verde AVC em Guimarães estará condicionada nas noites de 28 e 29 de novembro e 2 de dezembro, com os doentes a serem referenciados para Braga.

O Centro Hospitalar do Médio Ave, em Vila Nova de Famalicão, irá ter condicionamentos de cirurgia geral (26 e 27 e na noite de dia 02 de dezembro), encaminhando para o São João, em Pediatria (dia 2, encaminha para Braga) e em Medicina Interna (dia 01, doentes referenciados para Braga).

No Hospital de Santa Maria Maior, em Barcelos, a cirurgia geral estará sempre condicionada (hospital de referência é o Porto - São João). Para Braga vão os utentes de pediatria, ortopedia e medicina interna durante alguns dias (e noites).

Na Unidade Local de Matosinhos estará condicionada a Cirurgia Geral, assim como em Povoa do Varzim/Vila do Conde, nalguns dias da semana. Os doentes serão enviados para o Porto (São João).

Em Penafiel, do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, haverá limitações em todo o período na cirurgia geral (utentes para Santo António, Porto) e pediatria nalguns dias da semana.

Na unidade hospitalar de Vila da Feira (Centro Hospitalar Entre Douro e Vouga) estará condicionada a ortopedia no período noturno (doentes atendidos em Gaia/Espinho), assim como a pediatria (noites de 26, 01 e 02 de dezembro) e a ginecologia/obstetrícia (26 e 02 e noite de dia 1)

Região Centro

Na região Centro, que tem 17 pontos na rede de urgência do SNS, as dificuldades verificam-se na Unidade Hospitalar de Viseu – Serviço de Urgência Polivalente nas especialidades de cirurgia geral e ortopedia (noites) e na Unidade Hospitalar da Guarda (ginecologia/obstetrícia e ortopedia, nalguns dias, e na cirurgia geral, medicina interna e Via Verde AVC durante toda a semana).

Na Unidade Hospitalar de Aveiro as dificuldades ocorrem da ginecologia, pediatria e cirurgia geral, em diversos dias, com os doentes atendidos em Coimbra, e em Águeda será no Serviço de Urgência Básica. Já na Figueira da Foz serão as especialidades de cirurgia geral e ortopedia a terem limitações nalguns dias, com os doentes a terem de ser vistos em Coimbra.

Em Leiria haverá dificuldades nas especialidades de Ginecologia, Pediatria, Cirurgia Geral e na Via Verde Coronária nalguns dias (doentes atendidos em Coimbra) e no ACES Dão Lafões – Centro de Saúde de São Pedro do Sul será o Serviço de Urgência Básica a ter constrangimentos a 28 e 30 de novembro, com os doentes a terem de ser atendidos em Coimbra.

Região de Lisboa e Vale do Tejo

Na Região de Lisboa e Vale do Tejo, com 17 pontos no Serviço de Urgência do SNS, haverá dificuldades de resposta no Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (ortopedia, dia 26), com os doentes a irem para o Centro Hospitalar Lisboa Central, e também no Hospital de Loures (ginecologia, pediatria e cirurgia geral, nalguns dias da semana.

A Unidade Hospitalar de Caldas da Rainha – Serviço de Urgência Médico-Cirúrgico terá dificuldades de resposta em ginecologia, pediatria e cirurgia geral, nalguns dias, com os doentes a terem de ser vistos em Coimbra, no Lisboa Central e em Torres Vedras, consoante a especialidade.

Já em Torres Vedras as dificuldades de resposta acontecem no período noturno da pediatria e nos dias 01 e 02 de dezembro na ortopedia. Os doentes passam para as Caldas da Rainha e para o Centro Hospitalar Lisboa Central.

Em Peniche haverá dificuldades no serviço de urgência básica na noite de dia 26 e em todo o dia 27, com os doentes a seguirem para as Caldas da Rainha.

Já a Unidade Hospitalar de Abrantes vai ter dificuldade de resposta na pediatria no dia 2 (doentes vão para Santarém ou Lisboa Central).

Santarém terá constrangimentos em ginecologia (noite de 27), e na Via Verde AVC (26 e 2 de dezembro) e os doentes irão ser vistos no Lisboa Central e em Cascais.

No Amadora/Sintra as dificuldades serão nas especialidades de ginecologia/obstetricia e pediatria, nalguns dias, e no Garcia de Orta (Almada) em ginecologia, pediatria, cirurgia geral, ortopedia e Via Verde AVC, nalguns dias da semana, com os doentes a serem vistos em Setúbal e no Lisboa Central.

Na Unidade Hospitalar do Barreiro as dificuldades vão ocorrer nas especialidades de ginecologia e pediatria durante quase toda a semana (exceção a 26), com os doentes a terem de ser vistos no Garcia de Orta e no Lisboa Central.

No Montijo serão a ginecologia e a pediatria a terem algumas dificuldades, assim como no Centro Hospitalar de Setúbal.

No Norte Alentejano (Portalegre) haverá dificuldade de resposta na cirurgia geral.

Região do Alentejo

Em Évora, há condicionamentos em pediatria (período noturno de 29) e cirurgia geral (toda a semana no período noturno e a 26 todo o dia) e na medicina interna (noites) com os utentes a seguirem para Lisboa Central e Norte.

Na Unidade Hospitalar do Baixo Alentejo – Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica será a Via Verde AVC a ter dificuldades no período diurno do dia 2 de dezembro. Os doentes terão de ser vistos no Garcia de Orta.

No Centro de Saúde de Estremoz o serviço de urgência básica vai estar condicionado no dia 01 de dezembro e os doentes serão vistos em Évora.

Algarve

No Algarve, com seis pontos de urgência, haverá dificuldades em dois, nalguns dias: Faro (pediatria e cirurgia geral) e Portimão (pediatria, a 26 e 30)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.