O assaltante “morreu no local”, disse o porta-voz da polícia, Harald Söros, à AFP. Os factos ocorreram às 23:35 de domingo, de acordo com a mesma fonte, numa zona residencial de Viena.

Ainda não se sabem as razões do indivíduo que atacou o soldado, precisou a Polícia.

Segundo um porta-voz do Ministério da Defesa, citado pela agência APA, o soldado ferido, natural da província austríaca do Tyrol, foi transportado para o hospital com ferimentos num braço.

Os factos ocorreram às 23:35, segundo a mesma fonte, num bairro residencial de Viena.

Posicionado numa guarita, o militar tentou “num primeiro momento usar ‘spray’ de gás pimenta” antes de disparar “pelo menos quatro balas”, precisou M. Söros.

De acordo com este porta-voz, o militar agiu “de acordo com as regras”.

A Polícia austríaca ordenou o reforço da vigilância nas representações diplomáticas em Viena.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.