Em nota publicada no site da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), após declarações à Ecclesia, D. José Ornelas refere que a situação pandémica está a ser acompanhada de perto pela Igreja.

"É uma situação que está a evoluir todos os dias, em cada dia tem uma nova dimensão. Nós vamos acompanhando-a em diálogo com os bispos, ainda esta manhã estivemos em contacto com todos, para ver como estão essas situações", pode ler-se.

Desta forma, o bispo de Setúbal adiantou que a CEP deverá fazer um novo pronunciamento "na próxima semana", quando o governo "introduzir novas medidas", que poderão "exigir um esforço muito maior" de todos.

Todavia, o presidente da Conferência Episcopal recorda que já foram tomadas medidas. "Como Igreja, tomamos as nossas providências e adaptamos o nosso modo de estar, de funcionar", afirmou, em referência à recente suspensão ou adiamento das celebrações de Batismos, Crismas e Matrimónios, decisão divulgada na passada quinta-feira.

"Estamos a adaptar, em cada situação, as formas de atuação nas nossas igrejas, nos nossos movimentos e eventos pastorais, para restringir ao máximo aquilo que possa ser ocasião de contágio", garantiu.

"É importante que nos empenhemos, com seriedade e responsabilidade, nos nossos comportamentos, renunciando àquilo que é preciso renunciar. Não estamos a sair nem vamos sair desta situação sem sacrifício, sem esforço, sem contenção", acentuou D. José Ornelas, lamentando ainda que muitas pessoas "não tenham entendido isso".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.