Dos 19 diáconos, oito pertencem à fraternidade sacerdotal dos Filhos da Cruz, um pertence à Família dos Discípulos, dois estudaram no Pontifício Seminário Maior Romano e oito no Colégio Diocesano Redemptoris Mater.

A maioria dos novos sacerdotes é italiana, mas há ainda originários da Croácia, do Peru, do Haiti e do Japão, refere a agência de notícias Associated Press.

“Esses jovens tiveram sorte de serem educados na fé num contexto comunitário, desde crianças”, comentou o moderador geral dos Filhos da Cruz, padre Giacomo Martinelli, numa referência aos oito ordinandos que fazem parte da fraternidade sacerdotal por ele fundada.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.