Em declarações à agência Lusa, o comandante da Policia Marítima de Sines, Rui Filipe, indicou que foi hasteada a bandeira vermelha devido à deteção do que “aparentam ser pedaços em decomposição de uma baleia”, que deram hoje à costa na praia da Fonte do Cortiço, obrigando “à interdição dos banhos”.

“Deram à costa o que aparentam ser pedaços em decomposição de uma baleia, está um cheiro nauseabundo na praia e entendeu-se que há um risco para a saúde pública. Por isso, foi hasteada a bandeira vermelha e os banhos estão interditados”, disse.

Os serviços da Câmara Municipal de Santiago do Cacém “vão proceder à remoção tão rápida quanto possível daqueles detritos e, em conjunto com a autoridade de saúde, vamos fazer uma avaliação para perceber quando é que se pode voltar a hastear a bandeira verde”, adiantou.

A praia está a ser monitorizada pelos nadadores-salvadores e autoridade marítima, que vai "patrulhar toda a costa norte, a partir de Sines, para eventual deteção de outros detritos que possam estar noutras praias” da região, concluiu.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.