O ponto único da ordem de trabalhos é "apreciar e deliberar sobre uma proposta de alienação das ações representativas da totalidade do capital social das sociedades Benfica Estádio – Construção e Gestão de Estádios, S.A. e Benfica TV, S.A. detidas pela Sociedade", lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A SAD benfiquista propõe um valor total de 99,27 ME para o negócio, um montante que "se encontra dentro do intervalo de justo valor das respetivas participações, de acordo com as avaliações independentes obtidas", sublinham as 'águias', acrescentando que o montante em causa também está em linha com os valores contabilísticos dos ativos registados no balanço da SAD.

Caso a proposta seja aprovada na Assembleia Geral (AG) extraordinária, a alienação tornar-se-á efetiva em 01 de julho e o pagamento do referido preço será diferido pelo prazo de 25 anos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.